Feliz 2012 a todos vocês

2011 foi um ano grade. 365 dias, para vocês terem uma noção exata do quão grande ele foi.

(rip)

É difícil fazer um texto falando o quão interessante esse ano foi para nós, do “Alo, PF!” e para você que nos lê. Ok, nem tanto. Mas vamos tentar.

Um ano de vários tópicos e caminhos

2011 teve gente vendo que rodar o Brasil do Oiapoque ao Chuí para beijar uma garota pode não valer tanto a pena assim (e que pode dar um belo prejuízo), alguns viram suas fotos do carnaval de 1998 em Pirituba caindo na internet, alguns veneraram prédios com a calça arriada e uns se ocuparam de reviver blogs com contos eróticos envolvendo jovens artistas no Facebook.

Não podemos esquecer aquela galera que vivia ficando bêbada e fazendo twitcam para exibir o corpo. Ou aquela que só ficava bêbada e compartilhava isso no Twitter.

Teve até gente que descobriu se possuí (ou não) mente aberta.

Na maior parte do tempo, ficamos imaginando que um novo ano mudará a sua vida, que várias coisas novas virão. O que não notamos é que, ao ficar vendo o tempo passar, estamos agindo igual a quem passa horas em frente a um relógio esperando as horas passarem.

O tempo é uma construção social (e você também)

Por mais que a gente não note enquanto observa o relógio, o tempo está passando (e a nossa vida está mudando também). E quando assustarmos, um outro ano terá passado, e você verá que se tornou uma nova pessoa.

PORÉM, isso não importa mais. Isso é passado (mesmo que as fotos ainda estejam na internet). Um novo ano chegou.

Nós sabemos que desejar algo aqui não vai adiantar em muita coisa. De qualquer maneira, tente ajudar o Google a não criar uma nova rede social destinada ao fracasso e tente não bancar o idiota na internet.

Amigo, ninguém estará interessado em saber que você curtiu aquele post do “Humor No Face”, então nos poupe do seu share.  Todos nós já lemos aquele post no 9gag, seu merda. E poupe-nos de saber que as suas amigas são sensacionais, moça bonita.

Mas não nos poupe dos seus peitinhos, sua linda.

Um feliz ano novo para todos que são de ano novo

É, realmente não é fácil desejar coisas legais para vocês no ano novo. Dar alguns conselhos é até fácil, mas desejar algo não é. Não somos o Rafael.

Aproveite bem o ano, tenha uma toalha ao seu lado no dia 21 de dezembro (é tudo o que você irá precisar) e lembre-se que, mesmo que você não queira trabalhar na segunda-feira, toda resistência é inútil e as contas continuarão vencendo no final do mês.

Ah, se possível, tentem ser bons. Evitem comer gordura, leiam um bom livro de vez em quando, caminhem regularmente e tentem viver em paz e harmonia com pessoas de todos os credos e nações, pois é isso o que realmente importa.

Um abraço.