Tudo aquilo que esqueceram de te falar antes de beijar a boca dela(e) e você não sabia ou evitava saber

Para quem não sabe, um relacionamento é o ato de unir duas pessoas que não pensam necessariamente igual e fazer AMBAS pensarem junto. Seja numa amizade, namoro, ou casamento; uma relação pode ser resumida nisto (ou algo assim). Eu defendo a idéia de que deveríamos viver em estado de “semi-isolamento”, nos encontrando com os nossos semelhantes somente no momento da procriação. Como nem eu sigo esta tese, explico-a com mais detalhes (e provo que estou certo) em outro momento. O fato é que um beijo leva ao sexo, que leva a outro, que leva a uma paixão, que leva a um namoro, não necessariamente nessa ordem.

NOTA DO AUTOR: Se você for uma pessoa mais apressada, gostaria de lembrar que o que está neste texto não vai, necessariamente, se aplicar a você. Também não leve tudo o que está aqui como verdade absoluta, não vale a pena. E o mais importante: os ensinamentos deste texto foram retirados das experiências do autor e de pessoas próximas a ele ao longo dos seus longos anos de frustrações amorosas. Se você já beijou a minha boca alguma vez, saiba que sim, você me ajudou a construir o texto que se segue. E não, eu não vou falar para você qual a parte da qual és responsável. Sua vadia (rs).

OUTRA NOTA DO AUTOR: ele tá com preguiça de procurar imagens para colocar neste texto, então vocês que se resolva aí lendo um texto com uma única imagem.

Quando conhecemos alguém e por esse alguém nos apaixonamos, dificilmente fazemos caso dos defeitos. É bem verdade que isso é um “mal necessário”, já que ninguém vai se apaixonar por alguém sabendo que essa pessoa costuma aceitar carona de estranhos querendo saber se você possui mente aberta por estar vestindo camisas gays “otaku like”, que ouve Tim Maia nas manhãs de domingo ou que ela curte Glee, não é mesmo?

O grande problema desse tipo de atitude, é que com o desenvolvimento do relacionamento, esses defeitos tendem a se tornar a coisa mais insuportável do mundo (não, ele não gosta de assistir Glee com você, desiste fia). Aliado a isso, temos aquela famosa liberdade que se cria com o tempo e que nos dá o direito de fazer certas coisas, tais como: um peido para aquecer o teu piu piu quando vocês forem dormir de conchinha, um arroto após o aquele almoço de domingo na casa dela (com a mesa lotada, lógico), seu namorado te chamando de louca durante a sua TPM sem medo de ser feliz (ou assassinado), ou a sua namorada te pedindo para mudar aquele pequeno hábito que no início do namoro te fazia ser “o cara”, mas que agora te faz ser apenas um babaca. Logo, meu jovem e inexperiente aprendiz padawan, saiba que ninguém vai mudar por você. Não completamente.

amor toco frio me aquece pfv

Aí você me pergunta “como assim não vai mudar de verdade, ó mestre do saber e portador do conhecimento universal, menino Guilherme?” e eu respondo você dizendo que a pessoa pode até mudar, mas só enquanto estiver ao teu lado. Tenha em mente que assim que a sua relação for para a puta que pariu, a pessoa vai voltar a ser o que era, ou algo semelhante. O que eu tenho a dizer para você? Se adapte aos defeitos da pessoa. Ninguém é perfeito e nem tem que se moldar ao que você acha que é o ideal. Então você diz “mas ele tem que mudar, ele tem que melhorar, é para o bem dele!!!” e eu respondo “tudo bem, mas quando tu ver que a pessoa já não é mais quem você conhecia, não reclame, pode ser?”

Vamos dizer que a mudança é realmente necessária e que ela tem que parar de assistir Glee e começar a assistir séries de verdade, não seja A razão da mudança, e sim uma das razões para a pessoa mudar. Isso já ajuda bastante, sério.

Outra coisa que muito tenho visto por aí é o péssimo hábito das pessoas de não falarem o que estão sentindo (risos) de verdade, seja isto algo bom ou ruim para o parceiro. Duas desculpas são muito famosas nesses casos, são elas “eu não te queria fazer sofrer” e “o problema não estava em mim, e não em você”. Tais frases costumam ser uma ótima maneira de reduzir a dor alheia, só que não.

Se algo estiver dando errado, diga, insista, converse. Não deixe que uma coisa boba se torne um motivo para um fim de algo que está dando certo. E insista novamente, já que quase nunca é tarde para dar uma segunda chance ao ~amor~.

Agora a grande questão que muitos assola será respondida: O que significa dizer que um relacionamento deu certo? Para muitos, um relacionamento que dá certo é aquele que nunca acaba. Contudo, várias linhas de pensamento propõem algo diferente e permitem que um relacionamento que não dure para sempre possa ser considerado um relacionamento que deu certo. Ou algo assim. Um levantamento feito com os mestres do saber @vinik, @rafabarbosa e @ohmaria nos trouxe algumas respostas interessantes, são elas:

(11:28:10) @ohmaria: que vc aprendeu algo com a pessoa, ensinou algo a ela e ainda repeita-a e é respeitado por ela

(11:28:18) @ohmaria: mas isso teoricamente

(11:28:53) @ohmaria: pra mim “deu certo” é permanecer junto, com esses pontos q citei acima

(11:29:25) Guilherme: Juntos “para sempre”?

(11:30:03) @ohmaria: se possível

(11:31:43) Guilherme: e se não ficarem juntos, ainda assim, é possível dizer que deu certo?

(11:32:09) @ohmaria: calma

(11:32:35) @ohmaria: digo que TEORICAMENTE dar certo é um relacionamento q teve esse pontos q te falei

(11:32:42) @ohmaria: mas na minha cabeça

(11:32:49) @ohmaria: e como funciona na MINHA prática

(11:33:03) @ohmaria: só “esta dando certo” se vc ainda ta com a pessoa

[…]

(11:39:29) @ohmaria: mas eu acho q se ambos acrescentarem algo ao outro etc

(11:39:38) @ohmaria: não vejo mto fora desse parâmetro

(11:39:44) @ohmaria: de “ter dado certo”

Já @vinik vai além:

(12:01:24) vinik: Todos saem ganhando

(12:01:25) vinik: Ou seja

(12:01:34) vinik: verbo conjugado no passado = acabou

(12:01:51) vinik: senão seria “está dando certo” <- telemarketing ftw

(12:01:54) vinik: porém

(12:02:03) vinik: como foi algo certo, ninguém saiu perdendo

(12:02:20) vinik: CLÁUSULA 1 – DOS GANHOS

Se, quando o relacionamento começou o participante era:

1.1 – Virgem, ele no mínimo fez sexo (mínimo 2 vezes, para não ser considerado como one night stand)

1.2 – Era pobre, ganhou mais de 6 presentes (até 2 é só considerado parente, até 5 é só amigo intimo)

(12:03:31) vinik: CLÁUSULA 2 – DAS PERDAS:

Nenhum participante sente que está perdendo muito, já que já obteve o máximo do relacionamento. Então não há motivos nem para voltarem futuramente, nem para ficarem tristes por ter acabado

(12:05:14) vinik: CLÁUSULA 3 – DOS REBOUNDS

Como deu certo, não haverá rivalidade entre os ex-participantes dos relacionamentos, então, está permitido:

3.1 – Pegar os amigos do participante

3.1.1. – Salvo os amigos mais íntimos, para não ferir o Bro Code

3.2 – Pegar parentes (parente nunca serão amigos, por mais íntimos que sejam)

3.3. – Pegar os parentes uma linha acima na árvore genealógica (ou seja, pais e mães, avós já são um abuso)

E o @rafabarbosa, deu uma resposta típica dele(mas sincera):

(11:29:37) Rafael Barbosa //: significa que vc atingiu as bodas de PLATINA

(11:30:04) Rafael Barbosa //: na vdd, bodas de.. sei lá

(11:30:15) Rafael Barbosa //: ouro

(11:30:29) Rafael Barbosa //: tecnicamente, um relacionamento só deu certo se vcs passaram a vida toda juntos

(11:31:30) Guilherme: E se não passaram, deu errado?

(11:32:19) Rafael Barbosa //: ué, se não passaram, bem, acho que não, né? Mas sei lá. Nem eu tive um relacionamento assim pra saber o que dizer com certeza

Aí você me pergunta o que EU acho que é necessário para falar que um relacionamento “deu certo” e eu respondo “olha, meu amigo, eu confesso que isso ainda é complexo demais pra mim, e que eu não sei falar sobre algo o qual eu não vivi ou evitava viver, pode ser?”. No mais, fiquem com essa linda frase que eu achei por aí e resolvi adaptar para o texto: o objetivo de um relacionamento não é escolher o melhor par possível mundo afora, mas construir o melhor relacionamento possível com quem você prometeu amar. E chega desse assunto pois eu não quero ver esse texto indo para em emails com textos que se propõem a ser do Jabor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s