Manual prático de uma ida ao ~puteiro~

Ok, todos nós sabemos que você veio para aqui sem querer por causa de um link no Twitter, não precisa temer: Esse texto não vai ter imagens NSFW já que isso é um blog de família (mentira eu vou encher isso aqui de fotos de mulher pelada já que ninguém é de ferro).

Esse é mais um texto da série de manuais práticos sobre a vida iniciada aqui. Nesse texto, você vera um relato prático de uma ida a zona, com pouco dinheiro, um pacote de camisinhas e muito prazer. Mas como eu sei que grande parte do pequeno publico desse blog é formado por nerds com pouca grana e, uma prostituta que preste está custando caro, graças à inflação dos valores gastos para se ter prazer sexual gratuito e sem compromisso, vamos usar como base as prostitutas de Classe B, vulgo, primas.

Então você me pergunta “Como assim prima?”, simples meu caro: Existem três categorias de moças da vida, são elas:

Classe A (Garota de programa): Formadas por universitárias gatas (só gatas) e que cobram de R$ 150,00 a 350,00 por programa.

Classe B (Primas): São garotas já não tão novas, de corpo relativamente bom, e de idade (ou aparentando ter) entre 20-30 anos. Costumam cobrar entre R$ 30,00 à R$ 80,00 por gosada

Classe C(Tias): São velhas, feias, pobres, costumam freqüentar a parte mais baixa da cidade, e custam NO MAXIMO R$ 30,00. Não recomendados para aqueles que querem entrar em um prostíbulo e saírem de lá não só vivos, como com alguma saúde.

Enfim, vamos usar como exemplo a “Prima”, pois esse que vos escreve não queria gastar todo o seu salário em quinze minutos de prazer, tão menos garantir uma doença venéria no mesmo tempo ok?

Comece comprando um jornal do nível do Super Notícia (creio que ele seja praticamente um Meia Hora mineiro) e pule para a parte dos classificados. Recomendo o Super Notícia, pois um jornal como o Estado de Minas só costuma ter prostitutas Classe A (tanto que alguns anúncios até foto possuem), mas tome cuidado para não escolher uma “Tia” ou então um ““ Tio ““ (se é que vocês me entendem) ok?

Siga até uma cabine telefônica de preferência alguma que te proporcione relativa privacidade (indico aquelas das lojas centrais da sua operado de telefone preferida, já que lá além de um cartão telefônico mais barato, você também consegue cabines telefônicas privativas). Sente-se confortavelmente na sua cabine, abre a página de classificados e escolha alguma do seu gosto. Existem vários anúncios, vamos aqui fazer uma rápida analise de alguns e mostrar a verdade por trás dos fatos:

1- TODAS serão fogosas e liberais

2- Praticamente todas estão começando ou acabaram de chegar do interior

3- Sempre serão quentes, carinhosas e calmas.

Dito isso, busque uma que lhe agrade e que tenha um anuncio “interessante”. Ligue para ela, ela falara os preços, te indicara um prédio, e um determinado andar. Quando você chegar no prédio, dirija-se ao andar indicado. Caso alguém resolva parar você no caminho, seja forte, diga que sabe o que está fazendo, que tens idade, e ande logo.

Ligue para a prima, ela te falara qual o apartamento o dela. NÃO ERRE A PORTA, PODE SER ~FATAL~. Quando estiver lá dentro, tenha calma, tente transar por mais de 30 segundos e seja feliz.

PS: Fique ligadinho, pois em breve eu contarei como é esse manual colocado em prática.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s